MONITORAMENTO DAS PRAGAS DAS PRINCIPAIS CULTURAS

MONITORAMENTO DAS PRAGAS DAS PRINCIPAIS CULTURAS:

Com o incentivo do Governo na produção familiar agrícola principalmente a expansão de plantios de seringueiras, cacau e cupuaçu, mandioca, banana e outras culturas agrícolas de ciclo curto ou não, este programa é extremamente importante.

Objetivo: Identificar quais as pragas e ou doenças já existentes no estado como forma de prevenção da agricultura agro-florestal acreano através de políticas publicas de educação sanitária visando o monitoramento e controle do mesmo. Dentre as principais pragas e doenças alvos são:

Monilíase do Cacaueiro e cupuaçuzeiro que é uma doença extremamente agressiva ao cacau que ainda não a registros de ocorrência no estado, mas a relatos da doença no Peru e Bolívia por isso se faz necessário o seu monitoramento.

Pragas e Doenças da Seringueira principalmente o Percevejo de Renda praga muito importante na cultura que pode comprometer a produção do látex em até 100%, Microcyclus ulei e mandarová da seringueira.

Monitoramento e Prevenção da Sigatoka Negra e Moko da Bananeira:  A cultura da bananeira sendo a principal fruteira cultivada no Estado, e uma espécie que se adequa aos vários estratos de produtores e que tem grande importância econômica e social, pois atua como única fonte de renda mensal para pequenos agricultores e suas famílias. Sendo a Sigatoka Negra da bananeira a principal doença pois, afeta o crescimento e produtividade das bananeiras provocando perdas de até 100% da produção e o principal obstáculo na comercialização para outros estados.

Monitoramento e Controle do Mandarová da Mandioca: No Acre, a farinha de mandioca principalmente as produzida no Vale do Rio Juruá (farinha de Cruzeiro do Sul) é considerada um produto estratégico para a economia do estado, despontando como um dos alavancadores do seu desenvolvimento sustentável. As políticas públicas de fomento do arranjo produtivo promoveram um aumento de 73% da produção anual de raiz de mandioca e um incremento no preço da farinha da ordem de 412%, fato que elevou a mandioca à condição de principal cultura agrícola do setor primário acreano. Vários entraves podem ser apontados como ameaça ao fortalecimento deste arranjo produtivo local, destacando-se dentre eles a grande incidência do mandarová-da-mandioca Erinnyis ello (L.) que podem reduzir a produção em até 70%. Neste sentido o IDAF tem grande importância nesta cadeia produtiva com a missão de Salvaguardar a produção de farinha no ACRE.

Monitoramento da Mosca da Carambola é um problema que afeta várias culturas frutíferas brasileiras trazendo prejuízos para os produtores. Infestadas por larvas deste inseto, as frutas perdem seu valor no mercado Os prejuízos causados pela mosca da carambola vão desde perdas na produção, já que os frutos afetados podem ter a polpa totalmente destruída, tornando-os imprestáveis para o consumo, contaminação ambiental devido ao aumento do uso de agrotóxicos, com consequente aumento do custo de produção, além da proibição da exportação de frutas e desemprego.